VOCÊ ESTÁ AQUI:
  • Audiência na Assembleia discutirá Previdência com sindicatos e bancada federal
Audiência na Assembleia discutirá Previdência com sindicatos e bancada federal
  • Fonte: Decom-Ale
  • Publicada em 18/03/2017 às 08:35
Iniciativa dos deputados Maurão e Anderson visa debater projeto em tramitação no Congresso

A Assembleia Legislativa realizará na próxima segunda-feira (20), às 9h, no Plenário das Deliberações, uma audiência pública com representantes sindicais e trabalhadores em geral, para discutir a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 287/16, que altera o regime da Previdência Social, que está em tramitação no Congresso Nacional.

De iniciativa do presidente da Casa, Maurão de Carvalho (PMDB), e do deputado estadual Anderson do Singeperon (PV), a audiência conta com o apoio dos demais parlamentares. Todos os membros que compõem a bancada federal de Rondônia serão convidados para participar das discussões.

“É importante a presença dos sindicatos, para que haja uma discussão ampla e que os integrantes da bancada federal saibam em quais pontos os trabalhadores de Rondônia se posicionam de forma contrária. Nos moldes em que está sendo posta, somos contrários à aprovação da PEC 287, por entendermos que traz prejuízos aos trabalhadores”, explicou Maurão.

Para o deputado Anderson, é importante que os sindicatos estejam presentes e levem a sua preocupação com os pontos polêmicos da PEC.

“Temos que dar a nossa contribuição às discussões, deixando claro para a nossa bancada federal os pontos que atentam contra direitos dos trabalhadores, impondo mais tempo de contribuição e aumento da idade para homens e mulheres, afetando também aos trabalhadores rurais”, completou o parlamentar.

Os deputados gravaram um vídeo, que está sendo compartilhado nas redes sociais, conclamando sindicatos e trabalhadores para participaram dos debates da próxima segunda.

“É necessária a mobilização. A Assembleia já discutiu este tema com os trabalhadores rurais ligados à Federação dos Trabalhadores em Agricultura de Rondônia (Fetagro), mas vamos ampliar esse debate agora com os sindicatos de diferentes segmentos”, finalizou Maurão.

  • Atualizada em 18/03/2017 às 08:42:18