VOCÊ ESTÁ AQUI:
  • Novo terminal é criticado e terminal central é desativado por falta de estrutura
Novo terminal é criticado e terminal central é desativado por falta de estrutura
  • Fonte: Da Redação - Foto: Google Imagens
  • Publicada em 14/02/2018 às 10:26
A preocupação dos usuários é em relação aos horários de picos, quando o fluxo de veículos é intenso e o número de pessoas é bem maior.

Desde segunda-feira (12) o novo terminal de integração tem funcionado na Avenida Governador Teixeira, próximo a Avenida Amazonas, com uma estrutura simples, com cobertura, ainda inacabado – até terça-feira (13) não tinha nem bancos ainda – vem provocando críticas dos usuários, que antes utilizavam o terminal da Rua Euclides da Cunha, que apesar de alguns problemas de estrutura (os banheiros estavam destruídos) era bem maior, tinha proteção e bancos.

O novo terminal será executado só para a troca de ônibus dentro do “integração”, porém sem conforto algum no local.

Luiz Eduardo, que trabalha em uma gráfica na zona Sul, disse que ficou surpreso ao deparar com o novo terminal, pois achou pequeno e tem dúvidas se será funcional devido ao grande fluxo de ônibus no local.

“O terminal lá perto do Cai N’água pelo menos era grande e tinha espaço para circular entre os ônibus e os usuários apesar de alguns problemas, podiam aguardar os coletivos. Agora, aqui, não tem bancos, só essa cobertura e se chover lascou, vai molhar tudo”, reclamou Luiz.

Devido ao feriado prolongado o movimento desde segunda-feira (12) o número de ônibus estava baixo, a preocupação dos usuários é em relação aos horários de picos, quando o fluxo de veículos é intenso e o número de pessoas é bem maior.

A desativação do terminal central, segundo a Secretaria Municipal de Trânsito (Semtran), foi desativado por causa falta de segurança na estrutura e a inviabilidade técnica. Em nota foi esclarecido que o terminal não estava preparado para sustentar o grande número de fluxo de ônibus, principalmente no que diz respeito ao pavimento e que devido a cheia de 2014, o piso ainda está se acomodando.

Em termos técnicos de benefício ao usuário de ônibus, a Semtran divulgou também que a desativação diminuirá o tempo de viagem de cada linha em 7 a 10 minutos, com o acréscimo em média de 15% a mais de balões nas rotas que passam pelo local.

Sobre o aumento de fluxo no novo terminal integração, a secretaria esclareceu ainda que as linhas que passavam pelo terminal estarão executando paradas de embarque e desembarque na Avenida Sete de Setembro de forma seletiva.

Para facilitar o acesso os usuários podem conferir as Informações com as paradas de cada linha nos pontos da Avenida Sete de Setembro ou dentro dos próprios coletivos.

 

  • Atualizada em 14/02/2018 às 10:32:37